quinta-feira, 15 de setembro de 2011

As pessoas sorriem depois do beijo?



“O beijo é um delicioso truque que a natureza criou para interromper a fala quando as palavras tornam-se supérfluas...”.

Rafael.

.

“Um beijo é um segredo que se diz na boca e não no ouvido”.

Jean Rostand.

.

“A única linguagem verdadeira no mundo é o beijo”.

Alfred de Musset

.

“O beijo é uma forma de diálogo”.

George Sand.

.

“O primeiro beijo, seja isso bem claro, não o dão os lábios, mas os olhos”.

O. K. Bernardi.

.

.

.

O momento mágico de mais pura suspensão... para-se o respirar, o fluxo das ideias, a gravidade não existe, o tempo determina-se pelo ir e voltar dos lábios um no outro. Essa união entre dois corpos envolve o que de mais humano temos e fragiliza: sentimentos... E a ponte que nos rege entre a razão e a emoção deseja ser a passagem para o transpasse que é o jardim dos mistérios do amor, segredos nossos...

Ah! O suspiro dado entre o primeiro olhar e aquele beijo esperado são dois momentos em um só sentido e apreciado em um só segundo de eternidade por quem ama. O estalo de amor realizado em sabor, dialogado entre beijo beijinhos beijões!

Se não tem o que falar, beije! Se não tem em que pensar quando se entreolham, beije! Se perder a noção da hora, beije! Se quiseres se perder, beije! Mas beije porque algo lhe toca, sente, mexe com seus íntimos, com seus olhos, lábios, molhados ou não, dependendo do segredo beijado.

0 comentários:

Postar um comentário